OS ERROS MAIS FREQUENTES EM TRADUÇÃO MÉDICA

Nos trabalhos de tradução médica, a precisão e o rigor, em particular no que toca à respetiva terminologia específica, constituem a questão mais vital. Quais são os erros que ocorrem com mais frequência?

Abreviaturas, um problema recorrente

Em muitos casos, há mais de uma possibilidade de abreviatura para o mesmo termo e, por vezes, a mesma abreviatura para termos diferentes. Os problemas na abreviação conduzem aos erros mais frequentes na tradução médica.

Neologismos, sinónimos e a evolução da língua

Uma das particularidades da linguagem médica consiste na criação constante de neologismos e na multiplicidade de sinónimos. O ritmo a que as mudanças ocorrem dificulta a atualização e as referências corretas em dicionários e glossários especializados, o que causa problemas de tradução.

Tradução médica por um profissional de saúde

Pelas dificuldades inerentes a uma tradução técnica, podemos ser tentados a confiar uma tradução médica a um médico, à custa de um texto bem escrito. Mas as imprecisões não ocorrem apenas no caso da terminologia específica – também a restante linguagem deve ser rigorosa e clara, pelo que é melhor optar por um tradutor profissional com formação especializada na área médica.

Na Traductanet a tradução médica está em boas mãos, já que utilizamos exclusivamente equipas credenciadas e com experiência comprovada na tradução técnica e utilização de terminologia médica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *