Primórdios da Interpretação

De acordo com um artigo do Diário de Notícias*, em 1607 encenou-se pela primeira vez fora do território europeu, num navio fundeado junto à Serra Leoa, a peça Hamlet, de William Shakespeare.

 

Esta exibição, a cargo de um grupo de marinheiros britânicos, destinou-se a um público de chefes africanos, mas a curiosidade foi ter tido um intérprete, Lucas Fernandez, um membro do povo Temne, que fez a interpretação consecutiva de toda a peça, para que a audiência compreendesse o enredo.

 

A presença de intérpretes durante toda a época dos Descobrimentos foi fundamental para que se pudessem estabelecer contactos e comércio entre os povos. Muitas vezes eram usados prisioneiros neste papel.

 

Atualmente, as agências de tradução e interpretação cumprem esta missão fundamental na ajuda à tradução e compreensão dos vários idiomas. Na Traductanet levamos este papel muito a sério, pois sabemos que com a nossa ajuda tudo faz mais sentido.

 

Fonte: https://www.dn.pt/artes/interior/hamlet-traduzido-ha-400-anos-para-portugues-por-um-africano-5138351.html

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *